2016-06-02

Vai no resvalo do pensamento rochoso o segredo da encardida mão, a mesma que enterra no recém arado solo e de seguida vai ao peito. 
Poderá o coração bater ritmado pelo silêncio que sobe à alma e sentir-se vivo porque não se sente?

Sem comentários: