2016-06-02

Belisco o grão de areia e acordo a praia. 
Espreguiça-se sem alardo, assim são as adultilidades da vida, gente que se faz pessoa porque cresceu antes de nascer. 
Um dia beliscar-me-á o sorriso e eu farei de conta que o entendo e, ignorante, entrarei agua acima.

Sem comentários: