2015-08-26

O cansaço aguarda
impaciente
pelo meu cansaço
tarda
quem a mim me traz um pouco de dia
o toque de uma mão no vazio
nada
entre o calor e o frio
navega a amplitude sem dono
o imperecível 
apetecível
cansado
sono.

Sem comentários: