2015-04-28

Guardei o melhor para agora, que tudo dorme, para abrir os braços e deixar-me levar ao colo pela noite, que tudo acorda.

Sem comentários: