2014-08-14

De braços abertos meço a distância em palmos que me falta percorrer pela linha ténue do horizonte.
Todo o ser tem sede.
Sê-de fonte.

Sem comentários: