2014-05-07

Deixa-te

Se puderes, ainda que por breves momentos, deixa-te levar pelo tempo até sentires confiança para te deixares de ser observador e passares a ser voador, do tempo a ti, de ti ao tempo, até não sobrar tempo, até não existires tu.

Sem comentários: