2013-11-05

Vai vida, pelo tempo que te some, atrás de ti o destino e mesmo esse, fadado a nunca te ver. Vai.

Sem comentários: