2013-07-24

e(mar)anhado

Passei por ti,
quase não te via pelo emaranhado dos meus pensamentos,
é entre os passos de ontem até ali
que cinjo a vida aos breves inaudíveis momentos
e te encontro no olhar de um desconhecido,
sabes, não sabes?, que te levo sempre comigo...

Sem comentários: