2013-07-12

Colmeal

Vem escuro, céu, gente, pela madrugada acima até alcançar os colmeais onde passo as minhas noites, aquecido pelo sabor da terra, que dá liberdade às suas raízes.

Sem comentários: