2013-06-06

Agradeço-te nudez
pela ausência do que não me cobre,
ofereço-te respostas mudas
com um despido dia ao 
- "que tens tu?"
- "não tenho nada, sou pobre"
e ainda que soçobrado não claudico
- "visto-me com este corpo, nu"
Poderia ser eu mais rico?

Sem comentários: