2011-03-21

Continuo a desejar as árvores, a sombra, as frestas de luz por entre os pinheiros... 
Continuo a desejar, mais que nunca, a simplicidade, a paz.

Sem comentários: