2005-09-07

O dia seguinte

Espreito, ansioso, o dia seguinte.
A tela móvel acompanha-me na jornada
onde sou actor e realizo,
cada sequência é dejá-vu
que saboreio como se fosse o mais sublime requinte,
mas as imagens que vêm beber a água dos meus olhos
pregam-me partidas,
socam-me com sonhos futuros que vivi
e olhares meus nos olhos de outros
e outras.
Agora questiono à vida que realizei,
Quem sou?