2005-05-23

Ao fundo da noite

Noite de domingo.
As amizades não solidificadas são ainda uma paisagem que se desloca, não sabemos onde está ou estará. Talvez seja por isso que a mesma amizade dói, dói porque ainda depende do sentir, do amar.
Venho sempre cheio de intenção para aqui, sento-me e nada. Devo ter obstipação mental. Com a vontade de escrever, os neurónios devem vir todos a correr e entopem as vias pensantes do cérebro. Ou é disso ou do sono.